Entidade transmite resultado de pesquisa à OAB

26, julho 2021.

Após pesquisa realizada entre servidores sobre sua preferência no horário de expediente forense, por ocasião do trabalho presencial, diante da pretensa fixação de jornada única de trabalho em estudos perante o Tribunal de Justiça Bandeirante, 61% dos trabalhadores que responderam a consulta optaram pelo horário das 9h às 17h.
 
Assim, no final da tarde desta quarta-feira, 21 de julho, a ASSOJURIS oficiou à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção São Paulo,  Dr. Caio Augusto Silva dos Santos transmitindo a vontade dos Judiciários e que, por ocasião da resposta ao expediente do Tribunal de Justiça observe a opção dos servidores. 
 
A diretoria da entidade ressalta que da mesma forma comunicará a presidência do TJSP, des. Geraldo Pinheiro Franco.